Taís Mahalem
Postado dia 10/01/2023
15:34

Primeira viagem internacional: dicas para aproveitar

Homem vestindo camisa azul em pé no penhasco enquanto observa a montanha.

Para muitas pessoas, realizar o sonho da primeira viagem internacional é uma das grandes conquistas da vida adulta. Para que tudo saia como o esperado é preciso planejar bem e se atentar a detalhes importantes. Confira nossas dicas!

A primeira viagem internacional a gente nunca esquece. O frio na barriga, as expectativas, o sonho se tornando realidade. Talvez, uma das grandes conquistas da vida adulta.

Por isso, é importante planejar tudo com muita calma e atenção, para nada fugir do controle e passar despercebido durante as tão aguardadas férias.

Uma boa dica é organizar tudo com certa antecedência, fazer uma planilha com tudo que você deseja ver e fazer no destino, pesquisar bem dicas e informações sobre o local e pouco a pouco enxugar essa lista até que tudo caiba dentro do tempo disponível e do roteiro.

Confira algumas dicas para você planejar sua primeira viagem internacional com tranquilidade e total segurança!

Leia também: Como planejar um tour pela Europa: dicas de destinos, hospedagens e passeios

Primeira viagem internacional: 7 dicas sobre o assunto

Todo turista, seja em viagens locais ou internacionais, precisa se informar sobre o lugar que pretende conhecer.

Não dá para desembarcar em um país desconhecido sem saber o mínimo de informações sobre clima, cultura e atrações interessantes a serem visitadas.

Além disso, nunca saia comprando a primeira passagem aérea que encontrar na sua frente sem antes ter certeza se o país exige visto, vacinas ou qualquer outra formalidade burocrática para permitir e liberar a entrada de estrangeiros.

Uma rápida pesquisa na internet, muitas vezes, basta para responder algumas dessas perguntas, porém, países mais fechados ou com culturas muito distantes da nossa, podem exigir um pouco mais de dedicação.

O que eu preciso saber para fazer uma viagem internacional?

Para facilitar o seu planejamento e garantir que sua primeira viagem internacional ocorra plenamente sem dores de cabeça, listamos 7 dicas essenciais que você precisa conferir antes de fazer as malas.

Vamos a elas!

1. Atente-se aos documentos exigidos

Com exceção dos países membros do Mercosul, para viajar ao exterior é necessário ter um passaporte válido – com data de vencimento superior a 6 meses.

Além do passaporte, alguns países exigem:

  • Seguro viagem;
  • Carteira de vacinação completa – ou imunização para doenças específicas, como febre amarela;
  • Comprovação de recursos financeiros;
  • Comprovação de hospedagem;
  • Passagem de saída do país já comprada;
  • Visto de entrada no país, caso necessário.

Para quem vai viajar com crianças e adolescentes menores de 18 anos, é necessário apresentar uma carta de autorização do cônjuge ou responsável legal pelo menor, autorizando a saída do mesmo do país (caso não seja uma viagem em família ou apenas um dos pais esteja presente).

Cheque tudo necessário no site da embaixada do país de destino, caso tenha alguma dúvida busque auxílio de alguma agência ou assessoria de viagens.

2. Defina um orçamento

Quanto você pretende gastar com as suas férias? Quanto você pode dispor para viajar tranquilamente?

Planejar com antecedência uma viagem internacional ajuda a amortizar os gastos ao longo dos meses e, assim, não fica muito pesado e você não voltará de férias com muitos boletos para pagar. 

Pense em um valor baseado nas suas finanças, faça uma planilha e vá colocando todos os gastos pré-viagem para ficar atento e não ultrapassar o valor estipulado.

Comece eliminando o que pesa mais no orçamento: passagens e hospedagem. Veja se vale mais a pena investir na troca de moedas aqui no Brasil ou na chegada ao país.

3. Faça um roteiro

Uma viagem dos sonhos pode nos deixar um pouco perdidos.

A melhor forma de não ficar deslocado ou sem saber por onde começar a visitar é montar um roteiro ao longo dos meses.

Faça uma pesquisa na internet, veja quais pontos turísticos e restaurantes badalados ficam mais próximos e programe cada dia por regiões para não perder muito tempo se deslocando.

Veja como fica mais fácil chegar aos locais e se há possibilidade de comprar ingressos antes.

4. Pesquise as passagens aéreas

Há quem goste de fechar um pacote completo de viagem em uma agência de turismo, há quem goste de fazer tudo por conta e há quem mescle as duas opções.

Uma dica é solicitar dois ou três orçamentos em locais diferentes e comparar os valores de forma avulsa.

Veja o que é mais vantajoso e conveniente para você, especialmente, no que diz respeito aos bilhetes aéreos.

Use sempre a lógica de quanto mais distante a data pretendida, melhores os preços. Use ferramentas de alerta de preços, como o próprio Google, para monitorar os valores.

5. Verifique se há regras culturais a serem seguidas

É muito importante respeitar regras e costumes locais. Não importa se você concorda ou não com a maneira como determinada sociedade vive.

Vestimentas, tom de voz, forma de tratamento com terceiros, obrigatoriedade em oferecer gorjetas, ingerir bebidas alcoólicas em público e muito mais.

Cada país tem um ritual próprio de convivência e é fundamental respeitá-los. Você é o visitante, logo, deverá se adaptar às regras locais e não o inverso.

O mesmo vale para o uso de determinados medicamentos, verifique o que pode ou não entrar no país, ou quais remédios precisam de receita médica.

6. Crie um checklist dos itens da mala

Faça a sua mala com tempo e calma. Antes de começar, anote tudo que é importante levar – uma lista simples feita à mão.

Vá riscando tudo na hora de fazer as malas antes da viagem. Também é importante levar esse inventário dentro da bolsa, para na volta conferir se não esqueceu nada no hotel.

7. Chegue com antecedência ao aeroporto

Em viagens internacionais é necessário chegar com antecedência e fazer o check-in com pelo menos 2h antes do voo.

Prefira, sempre, chegar antes e ficar passeando pelo aeroporto do que chegar em cima da hora e contar com a sorte de não pegar filas ou qualquer outro imprevisto.

Chegue 3 ou 4h antes, se puder faça o check-in antecipado ainda em casa, despache suas malas sem transtorno e relaxe um pouco antes de entrar no avião.

Leia também: Como planejar uma viagem em família: valores, destinos e seguro

Quanto tempo antes devo planejar uma viagem internacional?

Uma viagem internacional deve ser planejada com calma para que tudo aconteça sem imprevistos. É preciso considerar o tempo necessário para colocar em dia algumas burocracias, como tirar passaporte, tomar vacinas, vistos e compra/troca de dinheiro.

Além disso, é importante fazer uma boa pesquisa sobre o destino escolhido para determinar a melhor época do ano para aproveitar os principais pontos turísticos e se terá alguma atração temporária bacana que valha a pena prestigiar.

Quanto maior a distância entre a data da viagem e o início do planejamento, melhor, pois garantirá a você uma boa economia com preços de passagens aéreas e hospedagem. 

Lembre-se que alta temporada e datas que contemplem feriados internacionais ou locais, os preços tendem a aumentar, logo, fique atento a isso.

Para quem planeja fazer a primeira viagem internacional no mesmo ano, uma boa margem de tempo varia entre 8 e 12 meses de antecedência para início da programação.

Países como EUA, onde o visto é obrigatório e há certa fila de espera para a entrevista, talvez, o tempo possa ser um pouco maior. Nesse caso, não compre passagem aérea antes de ter a liberação de entrada no país em mãos.

Destinos mais escolhidos para primeira viagem internacional

Existem muitos países incríveis que são ótimas escolhas para uma primeira viagem internacional. Mas selecionamos 5 que são os campeões de busca e que possuem ótima reputação.

Os países abaixo são excelentes opções, inclusive, para quem planeja viajar sozinho.

Eles oferecem segurança, grande variedade de atrações, boas opções de transporte público e frota de táxi grande, além de oferecer experiências tanto para quem ama agitados centros urbanos, como para os amantes da natureza ou prefere passeios com apelo cultural e gastronômico.

Confira nossas 5 dicas.

1. Estados Unidos da América

Os Estados Unidos da América é um país imenso territorialmente, e possui belezas muito distintas. É possível percorrer alguns estados americanos e aproveitar de perto a cultura local em seus diferentes formatos e cenários.

É importante, no entanto, que o viajante tenha uma boa base de inglês para conseguir aproveitar com mais tranquilidade a viagem.

Nova York, Los Angeles, Miami, Boston, Chicago, Orlando e tantas outras cidades que estamos acostumados a ver nos filmes e séries são destinos para aproveitar no país.

Você vai precisar: passaporte e visto.

Estátua da Liberdade em Nova York,
2. Argentina

A Argentina é sempre uma excelente opção para quem planeja a primeira viagem internacional. É um ótimo destino, também, para quem vai viajar sozinho.

Seja em Buenos Aires, Mendonza, Bariloche, Córdoba ou Ushuaia, o turista consegue aproveitar muito da rica cultura e gastronomia argentina, mesmo em uma viagem curta.

Além disso, com o peso em baixa, o destino acaba saindo barato para os brasileiros e a receptividade dos hermanos é ímpar.

Você vai precisar: RG.

Casa Rosada, na Argentina.
3. Peru

Outro destino aqui na América do Sul é o Peru. A riqueza da sua cultura milenar e com uma culinária aclamada em todo o mundo, esse é um daqueles destinos de tirar o fôlego.

Não podemos falar em Peru sem citar o sítio arqueológico de Machu Picchu. A visita vai demandar um pouco de preparo físico, mas a vista alcançada é deslumbrante e uma lembrança para toda a vida.

Você vai precisar: RG.

Machu Picchu, no Peru.
4. Itália

Para quem ama comer bem e conhecer grandes monumentos históricos, não pode deixar de fora a possibilidade de incluir a Itália como possível destino.

Com um clima agradável durante boa parte do ano, o país europeu é um caldeirão cheio de pessoas de todos os lugares do mundo, restaurantes incríveis, bons vinhos e um sistema de transporte que facilita bastante o ir e vir de todos.

Você vai precisar: passaporte.

Torre de Piza, na Itália.
5. Uruguai

Outro vizinho que faz fronteira com o Brasil e que impressiona os visitantes é o Uruguai. Um país com paisagens belíssimas, grande concentração de atrações culturais e de impressionante arquitetura.

Um dos destinos mais seguros de toda a América Latina é um reduto incrível para quem ama a vida noturna regada a boemia, praias ou descanso nas montanhas.

Pessoas dançando na rua do Uruguai.

Como escolher o seguro viagem internacional?

O seguro viagem é essencial para tornar a sua primeira viagem internacional tranquila e sem surpresas.

Por mais que alguns países não exijam a presença de um seguro, é sempre recomendado fazer um e não contar com a sorte.

Antes de contratar um serviço, verifique a reputação e tradição da empresa escolhida, logo em seguida escolha uma opção segundo o tipo de viagem que você está fazendo.

É um destino exótico? Você vai praticar algum passeio ou esporte de aventura? Quantos dias vai ficar fora?

Não economize na hora de contratar um seguro viagem. Quanto mais benefícios e quanto maior a cobertura, melhor! Afinal, ninguém quer ficar desamparado em outro país.

Para garantir a contratação de um serviço completo e responsável, confira todo o catálogo de opções e vantagens Coris!

Artigos relacionados

28.set.2023
Checklist de documentos para viagem internacional

Documentos para viagem internacional: qual é a documentação exigida para quem vai viajar para fora do Brasil  Viajar para outro país é muito bom, afinal, essa é uma ótima oportunidade de conhecer uma cultura diferente e de ter novas experiências. Contudo, para conseguir entrar em outro país, é necessário providenciar os documentos para viagem internacional. […]

Por: Taís Mahalem