Taís Mahalem
Postado dia 28/04/2023
09:00

O que fazer na Itália: 8 passeios incríveis para fazer no país

Rua na Itális com casas coloridas e moto

A Itália é um destino turístico popular e possui muitas atrações e regiões incríveis para visitar, cada uma com sua própria história, beleza e importância cultural. Descubra o que fazer na Itália e aproveitar sua viagem ao máximo!

A Itália é um país fascinante, localizado no coração do mediterrâneo, com uma rica história e cultura. É conhecido em todo o mundo por sua arte, arquitetura, moda, gastronomia e belas paisagens naturais. 

Nele estão algumas das cidades mais icônicas do mundo, como Roma, Veneza, Florença e Milão, além de várias regiões distintas, cada uma com suas próprias tradições únicas.  

Neste artigo, vamos te contar sobre o que fazer na Itália, quais são suas principais atrações turísticas e gastronômicas, e tudo mais que você precisa saber para aproveitar sua viagem.     

O que fazer na Itália?

A Itália é um destino turístico popular e possui muitas atrações e regiões incríveis para visitar, cada uma com sua própria história, beleza e importância cultural. Aqui vamos falar sobre as regiões e pontos que mais atraem os turistas, mas a verdade é que tudo na Itália é encantador. 

1. Coliseu em Roma

Coliseu em Roma

O Coliseu de Roma, também conhecido como Anfiteatro Flaviano, é um dos pontos turísticos mais icônicos da Itália e do mundo. Ele foi construído no ano 70 d.C., durante o Império Romano, e usado para sediar jogos, batalhas de gladiadores e outros eventos públicos por mais de 400 anos.

Ao longo dos séculos, o Coliseu sofreu danos significativos devido a terremotos, incêndios e saques, mas ainda é uma das mais impressionantes e bem preservadas construções da Roma Antiga. 

Hoje ele é um Patrimônio Mundial da UNESCO e um dos monumentos mais visitados da Itália. Além disso, é frequentemente utilizado como cenário para eventos, shows e performances ao ar livre, mantendo-se vivo como um símbolo da história, arte e cultura da Itália.

O Coliseu funciona diariamente das 8h30 às 16h30, exceto nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro.

Saiba mais em: Roteiro: 3 dias em Roma

2. Vaticano

Vaticano

O Vaticano é uma cidade-estado independente, localizada dentro da cidade de Roma, na Itália. É o menor estado do mundo e é o centro da Igreja Católica Romana, sendo o local onde o Papa reside e trabalha.

A Basílica de São Pedro, uma das principais atrações do Vaticano, é considerada uma das maiores igrejas do mundo. A cúpula da Basílica foi projetada por Michelangelo e construída no século XVI.

Além dela, o Vaticano abriga muitos outros locais históricos, incluindo os Museus Vaticanos, que possuem uma das maiores coleções de arte do mundo, e a Capela Sistina, com seus afrescos renascentistas, incluindo a famosa obra-prima de Michelangelo, O Juízo Final.

Os museus do Vaticano ficam abertos de segunda a sábado das 9h às 18h (última entrada às 16h), exceto em feriados nacionais e religiosos.

A Basílica de São Pedro funciona diariamente das 7h às 19h (até às 18h durante o inverno).

3. Florença

Florença

Florença é uma cidade na região da Toscana, na Itália, famosa por sua história, arte e arquitetura renascentista. É considerada o berço do Renascimento italiano e atrai milhões de turistas todos os anos.

Ali encontram-se algumas das mais importantes obras de arte da Itália, incluindo a famosa estátua de David, de Michelangelo, que está alojada na Galleria dell’Accademia. 

Outros importantes museus de Florença incluem a Galleria degli Uffizi, que possui uma grande coleção de arte renascentista, incluindo obras de Botticelli, Leonardo da Vinci e Rafael, e o Palazzo Pitti, que abriga uma série de museus com arte e história da Toscana e da Itália.

4. Veneza

Canal em Veneza

Veneza fica no nordeste da Itália, em uma série de ilhas na Lagoa de Veneza. A cidade é famosa por seus canais, pontes e arquitetura histórica, bem como por suas tradições culturais únicas, como os passeios de gôndola, principal símbolo da cidade. 

A arquitetura de Veneza também é um grande atrativo para os visitantes. A cidade possui muitos palácios e igrejas históricas, incluindo a Basílica de São Marcos, famosa por sua cúpula e seus mosaicos de ouro. 

Outras atrações importantes em Veneza incluem a Ponte Rialto, uma das mais antigas da cidade, e a Praça de São Marcos, um importante centro social e cultural.

Além de sua arquitetura e canais, Veneza é famosa por seu Carnaval de Veneza, que acontece todos os anos antes da Quaresma e é famoso por suas máscaras elaboradas e seus desfiles. 

5. Costa Amalfitana

Rochedos a beira mar na Costa Amalfitana

A Costa Amalfitana é uma das regiões costeiras mais bonitas da Itália, localizada no sul, na região da Campânia. 

As principais atrações da região são suas pitorescas cidades à beira-mar, como Positano, Amalfi e Ravello, conhecidas por sua arquitetura encantadora, ruas estreitas e sinuosas, edifícios coloridos e vistas deslumbrantes do mediterrâneo.

6. Pompeia

Pompéia

Pompeia é uma cidade antiga localizada na região da Campânia, na Itália, a cerca de 22 quilômetros de Nápoles. Foi uma cidade romana florescente no século I a.C., mas foi destruída por uma erupção do Monte Vesúvio em 79 d.C. A cidade ficou enterrada sob cinzas vulcânicas e lava até ser redescoberta no século XVIII.

Hoje, Pompeia é um dos locais arqueológicos mais importantes do mundo, atraindo visitantes de todo o mundo. O sítio arqueológico de Pompeia é um local impressionante que oferece uma visão detalhada da vida na antiga cidade romana. 

Ao explorar Pompeia, os visitantes podem ver ruínas de casas, templos, fóruns, banhos públicos e teatros romanos. 

Lei também: 5 restaurantes para conhecer nas próximas férias

7. Milão

Milão

Milão é a segunda maior cidade do país, depois de Roma, conhecida como um centro de moda, design, arte e finanças.

Uma das atrações mais populares é o Duomo, a catedral gótica imponente localizada no coração da cidade. Ela levou mais de 500 anos para ser construída e é uma das maiores catedrais da Europa, com mais de 3.500 estátuas em sua fachada.

A Pinacoteca di Brera é uma das mais importantes galerias de arte do país, com obras de grandes artistas italianos, como Leonardo da Vinci e Caravaggio. 

O Museu do Castelo Sforzesco abriga várias coleções de arte e história, incluindo obras de Michelangelo e Leonardo da Vinci, bem como a famosa escultura de Michelangelo, “A Pietà Rondanini”. 

Outra atração popular de Milão é a Última Ceia de Leonardo da Vinci, uma das pinturas mais famosas do mundo. A obra está localizada na igreja de Santa Maria delle Grazie e é uma visita obrigatória para os amantes de arte.

8. Toscana

Toscana

A Toscana é uma região da Itália central, famosa por suas belas paisagens, vinícolas, gastronomia e cidades históricas encantadoras. 

A região é conhecida por suas cidades medievais preservadas, como Siena, Lucca, Pisa, San Gimignano e a capital regional, Florença. Cada uma dessas cidades oferece aos visitantes uma visão única da história e da cultura da Toscana, com suas praças encantadoras, catedrais impressionantes, torres inclinadas, ruas de paralelepípedos e palácios renascentistas.

Os vinhos produzidos na Toscana são conhecidos em todo o mundo, especialmente o Chianti e o Brunello di Montalcino. Há muitas vinícolas na região que oferecem degustações de vinhos e visitas guiadas aos vinhedos.

A Torre de Pisa funciona diariamente das 9h às 19h (fechada nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro).

Dicas úteis para quem vai para a Itália

Quando vamos viajar para outro país muitas dúvidas surgem, então reunimos as principais informações para te ajudar:

  • Visto e passaporte: se você é um cidadão brasileiro, não precisa de visto para visitar a Itália por até 90 dias, mas deve ter um passaporte válido.
  • Comida: A Itália é famosa por sua comida deliciosa, então certifique-se de experimentar pratos típicos como pizza, massa, gelato e café. 
  • Idioma: Embora a maioria das pessoas na Itália fale italiano, muitas pessoas que trabalham na indústria do turismo falam inglês. Aprender algumas frases básicas em italiano pode ajudá-lo a se comunicar melhor com os habitantes locais.
  • Dinheiro: A moeda oficial da Itália é o Euro. Certifique-se de ter dinheiro suficiente para pagar por suas despesas diárias, bem como para emergências.

Leia também: 10 sobremesas para provar ao redor do mundo

Como ter mais segurança viajando para a Itália?

Imprevistos e emergências podem acontecer a qualquer momento; por isso, é importante contar com um seguro viagem internacional

O seguro viagem internacional CORIS oferece uma série de benefícios e coberturas para garantir a segurança e tranquilidade do viajante durante sua viagem. Veja alguns:

  • Assistência médica e odontológica: em caso de emergência médica ou odontológica durante a viagem, cobrimos os custos de atendimento médico e hospitalar, incluindo internação e cirurgia, além de medicamentos prescritos.
  • Atendimento 24 horas: o atendimento está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, para assistência em emergências médicas, jurídicas e outras situações imprevistas.

Visitar a Itália é uma experiência única e inesquecível. O país é uma verdadeira celebração da vida, da cultura, da história e da gastronomia. As cidades exalam charme e beleza, com suas ruas de paralelepípedos, edifícios antigos e monumentos impressionantes.
Então não perca mais tempo, planeje sua viagem e não se esqueça de adquirir o seguro viagem internacional Coris, para garantir sua tranquilidade e segurança!

Artigos relacionados

6.set.2023
Roteiro de viagem para Nova York: pontos turísticos, dicas e seguro viagem

Realize o desejo de conhecer a icônica Big Apple. Embarque em nossa sugestão de roteiro completo por Nova York, feito para que você desfrute da cidade com a máxima segurança e tranquilidade durante toda a sua estadia.  Nova York é um dos destinos mais procurados dos Estados Unidos e é a cidade mais populosa do […]

Por: Taís Mahalem